100%

Reunião com Sinttravale e empresários do transporte define encaminhamentos para Lei que restringe trânsito de veículos pesados

Na noite de terça, 21, o presidente da Câmara de Vereadores de Araranguá, Daniel Viriato Afonso, recebeu em seu gabinete representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Vale do Araranguá – Sinttravale e empresários do setor de transportes para debater os encaminhamentos que serão dados com a lei de sua autoria que restringe o trânsito e estacionamento de veículos pesados (acima de 23 toneladas) nas ruas dos bairros da cidade. A lei apesar de aprovada na casa, ainda não foi sancionada, e as regras podem ser mudadas em até 90 dias.  

Produtiva, a reunião serviu para deliberar sobre a flexibilização das regras contidas na lei e aproximar o Legislativo tanto da categoria dos empregados, quanto empregadores. Na oportunidade, discutiram formas de limitar o trânsito destes veículos sem que prejudique os caminhoneiros que precisam chegar as suas casas para o descanso e estarem com suas famílias. Também foi debatida a idéia de criar uma cartilha educativa que informe a questão dos estacionamentos de veículos longos e pesados em ruas estreitas, em frente a imóveis vizinhos, do trancamento de garagens e passagens públicas, e na contramão. “Devemos ser flexíveis e melhorar os termos desta lei, já que ouve tantas reclamações. Abrir para o diálogo é muito importante pois os caminhoneiros e empresas do setor contribuem muito para a economia local e desenvolvimento da região”, disse o presidente, Daniel, que também sugeriu que seja realizada uma ação para coletar dados que demonstrem todos os benefícios que a atividade produtiva traz para o município, já que não existem estes números. “Pretendo utilizar estes dados para propor outros projetos que beneficiem o setor, ajudem os motoristas e empresários a desenvolver melhor suas atividades”, garantiu o presidente.     

Notícias

Presidente ouve representantes do Sinttravale
Presidente ouve representantes do Sinttravale

Sensibilizado pela reivindicação dos representantes dos motoristas de caminhões, o presidente da Câmara, Daniel Viriato Afonso, decide rever lei que proíbe trânsito de veículos pesados nas vias do município