100%

LDO para 2019 é aprovada

A Lei de Diretrizes Orçamentárias do município de Araranguá (LDO) para o próximo ano foi aprovada na última sessão do mês que aconteceu na quarta, 19, na Câmara de Vereadores. A proposta do Executivo recebeu 18 emendas, e oito aprovadas. A maioria das emendas foram apresentadas pelo bloco de oposição, representada pelos vereadores, Jair Anastácio, Diego Pires e Jorge Pereira. O vereador, Igor Batista, que também se coloca como oposição, teve dez emendas rejeitadas. Da base, os vereadores Padro Paulo Souza e Adão Vieira dos Santos, apresentaram uma cada. “Esta lei orienta e define a aplicação dos recursos do governo no próximo ano, são diretrizes que devem ser seguidas pelo governo municipal contemplando diversas áreas, mas não significa que outras não sejam também atendidas. É um norte para a administração seguir com seu trabalho”, explicou o presidente, Daniel Viriato Afonso.

A Lei Orçamentária Municipal, próxima peça do orçamento que também precisa de autorização legislativa deve chegar na Câmara até o final desta mês. A previsão é que a votação aconteça em dezembro. O orçamento do município para 2019 é estimado em R$146 milhões. 
Protocolos desta Publicação:Criado em: 02/10/2018 - 18:34:22 por: Morgana Costa Daniel Kindermann - Alterado em: 02/10/2018 - 18:34:22 por: Morgana Costa Daniel Kindermann

Notícias

Alunos do SENAC tem aula prática na Câmara
Alunos do SENAC tem aula prática na Câmara

Foram recepcionados pelo presidente, Daniel Viriato Afonso, que explicou o processo legislativo e as etapas para aprovação das leis, como se dá atuação dos vereadores e conheceram a última peça orçamentária que tramita na casa e deve ir a votação nas próximas sessões

Alunos da Escola Clóvis Goulart conhecem a Câmara
Alunos da Escola Clóvis Goulart conhecem a Câmara

A ida ao Legislativo do município fez parte do projeto do professor de geografia, Elvis Campagnollo, que teve como objetivo ensinar os adolescentes sobre a atuação dos poderes constituídos, qual sejam, Executivo, Judiciário e o Legislativo.